Osama

O porta-voz do Vaticano reagiu hoje ao anúncio da morte de Osama bin Laden dizendo que este vai responder perante Deus por ter causado “a morte de inúmeras pessoas” e “explorado a religião para espalhar ódio”.

Numa declaração aos jornalistas, o padre Federico Lombardi disse que o líder da Al-Qaeda teve a “grandíssima responsabilidade de difundir divisão e ódio entre os povos” e procurou “instrumentalizar a religião para este fim”.

Fonte: Renascença

    Quer dizer que os EUA terem emplacado uma cruzada rumo a destruição de Osama não se importando com a vida de muitos inocentes afegãos,  paquistaneses e tantos outros não tem peso na balança? A luta proposta entre Deus/Jesus/EUA e Allah/diabo/árabes por conta do profeta arruaceiro e desvalido Bush conta como validade de uma religião de amor? Pois bem, não posso deixar de valer o seguinte: Dizer que todo muçulmano é terrorista é o mesmo que dizer que todo cristão é caridoso.  Talvez, os americanos se considerem a justa mão de Deus. De teocracias que na realidade mascaram a vaidade e a luxúria humana e causam náuseas em Deus, a história está cheia.  

Tiago Sant'ana

Comentários

  1. Pior é que agimos como se quiséssimos instituir essa teocracia no Brasil. Acha que aqui seria diferente??

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

As profecias Messiânicas